Novo Coronavírus

Saúde Covid-19: Rússia registrará segunda vacina até 15 de outubro

Covid-19: Rússia registrará segunda vacina até 15 de outubro

Imunizante está sendo desenvolvido pelo Instituto Vector, na Sibéria; primeira vacina contra a doença no mundo foi registrada no país em agosto

Reuters - Internacional
Com a vacina do Instituto Vector, Rússia terá duas vacinas contra a covid-19

Com a vacina do Instituto Vector, Rússia terá duas vacinas contra a covid-19

Divulgação/Assessoria de imprensa do RFPI

A Rússia espera registrar uma segunda vacina em potencial contra a covid-19 até o dia 15 de outubro, disse a agência de notícias TASS citando o órgão regulador russo de segurança do consumidor Rospotrebnadzor nesta terça-feira (22).

Leia também: Transtorno psicológico pode dar 'falso sintoma' de covid-19

A vacina foi desenvolvida pelo Instituto Vector, da Sibéria, que concluiu o estágio inicial de testes em humanos na semana passada.

A Rússia registrou sua primeira candidata a vacina, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou, em agosto. Os testes em estágio avançado desta candidata com pelo menos 40 mil pessoas estão em andamento.

Últimas