Novo Coronavírus

Saúde Covid-19: Saúde envia profissionais da Força Nacional do SUS ao AM

Covid-19: Saúde envia profissionais da Força Nacional do SUS ao AM

Equipe vai atuar no atendimento a pacientes com a doença causada pelo novo coronavírus, em Manaus, que enfrenta crise nos sistemas médico e funerário

  • Saúde | Ricardo Pedro Cruz, do R7

 Amazonas acumula 8.109 casos confirmados e 649 óbitos por covid-19

Amazonas acumula 8.109 casos confirmados e 649 óbitos por covid-19

Bruno Kelly/Reuters

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (6) o envio da terceira turma de voluntários da Força Nacional do SUS ao Amazonas.

De acordo com informações da Pasta, os 13 profissionais vão auxiliar as autoridades locais de saúde nas ações de enfrentamento da pandemia de covid-19, que já compromete os sistemas médico e funerário de Manaus.  

A equipe, que conta com sete enfermeiros, dois fisioterapeutas e quatro médicos, vai atuar no Hospital Delphina Aziz, na capital do estado. Nos últimos meses, a unidade se transformou em referência no atendimento de pacientes com a infecção provocada pelo novo coronavírus

Ao todo, mais de 8,2 mil pessoas já se voluntariaram para integrar a chamada "Força Nacional do SUS" — programa criado pelo Ministério da Saúde em 2011 e que tem por objetivo colocar em prática ações de "prevenção, assistência e repressão" durante crises epidemiológicas, como define o próprio governo.

Estado enfrenta crise nos sistemas de saúde e funerário por causa de covid-19

Estado enfrenta crise nos sistemas de saúde e funerário por causa de covid-19

Bruno Kelly/Reuters

O Amazonas acumula 8.109 casos confirmados e 649 óbitos por covid-19, sendo que Manaus “encontra-se com capacidade de atendimento hospitalar próximo ao limite”, como explicou Nelson Teich, ministro da Saúde. 

Teich viajou para o estado no último fim de semana para acompanhar de perto a situação, discutir ações em conjunto com as autoridades locais e, ainda, para oficializar a entrega de equipamentos médicos para abastecer os hospitais. 

O médico visitou o Comando Militar da Amazônia e participou de uma reunião com as presenças do secretário-executivo da pasta, general Eduardo Pazuello, o governador do estado, Wilson Lima, e o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio.

Últimas