Novo Coronavírus

Saúde Covid-19: vacina da Pfizer chega à 3ª fase de testes. Brasil vai participar

Covid-19: vacina da Pfizer chega à 3ª fase de testes. Brasil vai participar

A Anvisa aprovou testes da vacina no país, que ocorrerão em São Paulo e Salvador; trata-se da terceira vacina contra a doença testada no Brasil

Reuters - Internacional
Vacina da Pfizer tem previsão de ser produzida até o final deste ano

Vacina da Pfizer tem previsão de ser produzida até o final deste ano

pixabay

A empresa alemã de biotecnologia BioNTech e a farmacêutica norte-americana Pfizer Inc anunciaram na segunda-feira (27) que começarão um importante estudo global para avaliar sua principal candidata à vacina para a covid-19. 

Se o estudo for bem-sucedido, as empresas poderão submeter a vacina à aprovação regulatória já em outubro, encaminhando uma possível produção de até 100 milhões de doses até o final de 2020 e 1,3 bilhão até o final de 2021.

Cada paciente recebe duas doses do protótipo da vacina para ajudar a impulsionar a imunidade, dessa maneira as primeiras 100 milhões de doses vacinariam cerca de 50 milhões de pessoas.

Leia também: Pandemia causa queda de atendimento de infarto e AVC

O estudo deve incluir cerca de 120 locais por todo mundo e poderia envolver até 30 mil participantes. Regiões muito afetadas pela Covid-19 devem participar. 

"O início da fase 2/3 do estudo é um importante passo para frente no nosso progresso em direção a fornecer a potencial vacina para ajudar na luta contra a atual pandemia de Covid-19", disse Kathrin Jansen, chefe de Pesquisas e Desenvolvimento de Vacinas na Pfizer.

O estudo aprofunda o desenvolvimento da mais promissora candidata à vacina da Pfizer, chamada pela empresa de BNT162b2. Estudos anteriores descartaram outras vacinas potenciais.

Saiba mais: Por que covid-19 pode dar trombose, como caso de Rodrigo Rodrigues

A Pfizer já concordou em vender 100 milhões de doses de sua vacina ao governo dos Estados Unidos, oferecendo uma opção de compra de mais 500 milhões. A empresa também está em negociação com outros governos, inclusive com a União Europeia.

Últimas