Coronavírus

Saúde Covid-19: variante peruana é identificada no Rio Grande do Sul

Covid-19: variante peruana é identificada no Rio Grande do Sul

Homem diagnosticado com a nova cepa morreu nesta quarta-feira (16), após quase um mês internado por causa da doença

  • Saúde | Do R7

Ainda não há evidências de que a variante peruana pode causar mais quadros graves da doença

Ainda não há evidências de que a variante peruana pode causar mais quadros graves da doença

Portal Correio

A variante peruana do coronavírus, chamada de C.37, foi identificada pela primeira vez no Brasil, na cidade de Itaqui, no Rio Grande do Sul. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, a cepa foi encontrada em um caminhoneiro que morreu nesta quarta-feira (16), vítima da covid-19.

De acordo com a pasta, o homem foi diagnosticado com a doença no dia 20 de maio, após fazer uma viagem de São Paulo, passar pela Argentina e voltar para a cidade do RS. Ele chegou a ser transferido para o Hospital de Clínicas de Porto Alegre, mas não resistiu.

Por meio de nota, a secretaria informou que não há evidências de maior transmissibilidade ou capacidade da C.37 de causar quadros mais graves da doença.

“É uma variante que requer atenção e apresenta considerável disseminação em alguns países da América Latina, mas ainda não há comprovações científicas de uma mudança no comportamento do vírus. A variante C.37 foi classificada pelo Centro Europeu para Prevenção e Controle de Doenças como Variante sob Monitoramento”, disse a pasta.

Além disso, a secretaria afirmou que intensificou a vigilância das variantes circulantes no Estado e que a cepa Gama, originária do Amazonas, ainda é a predominante na região.

Últimas