Coronavírus

Saúde Descoberta de variante 'Delta plus' reacende preocupações na Índia

Descoberta de variante 'Delta plus' reacende preocupações na Índia

Mutação da mutação é classificada por autoridades e cientistas locais como mais contagiosa

  • Saúde | Do R7

Variante Delta provocou colapsos hospitalar e funerário na Índia

Variante Delta provocou colapsos hospitalar e funerário na Índia

Divulgação/NIAID-RML

Autoridades sanitárias da Índia estão em alerta após a identificação de uma mutação da variante Delta do coronavírus causador da covid-19 , que provocou um colapso no país nos últimos meses. Classificada de "Delta plus", a cepa é potencialmente mais contagiosa, segundo relatos de cientistas locais à imprensa.

"O medo na mente de todos é que agora haja uma nova mutação e ela possa nos levar novamente para outra onda", disse a médica Vineeta Bal, imunologista do Instituto Indiano de Educação e Pesquisa em Ciências em Pune, à National Public Radio dos Estados Unidos.

Embora a variante já seja motivo de atenção no governo indiano, ela foi detectada em apenas 40 amostras. Vale ressaltar que o país aumentou a vigilância genômica desde o surgimento da variante Delta.

Já o jornal The Times of India acrescenta que o governo notificou todos os estados onde os casos da variante Delta plus foram detectados para que adotassem "imediatas medidas de contenção".

O periódico ressalta ainda o temor de que a Delta plus seja resistente até mesmo aos coquetéis de anticorpos monoclonais usados no tratamento de casos de covid-19.

Mas os casos não estão restritos à Índia. A variante aparece em amostras no Reino Unido (43), Suíça (34), Portugal (27), Japão (15), Estados Unidos (13), Polônia (10), França (6), Rússia (1) e Nepal (1), segundo a plataforma Pango (Atribuição Filogenética de Linhagens de Surto Globais Nomeadas).

Durante o pico de covid-19, em maio, a Índia chegou a registrar mais de 400 mil novos casos em um único dia, segundo monitoramento da Universidade Johns Hopkins, nos EUA. As mortes diárias ficaram acima de 4.000, apesar de haver grande possibilidade de subnotificação.

Nos últimos dias, todavia, os novos casos diários caíram a um patamar em torno de 60 mil. Mesmo assim, o processo de vacinação no país de 1,4 bilhão de habitantes só chegou a cerca de 18% da população, conforme números da plataforma Our World in Data, da Universidade de Oxford.

Últimas