Saúde Empresa recolhe 465 toneladas de frango por risco de salmonela

Empresa recolhe 465 toneladas de frango por risco de salmonela

BRF S.A, dona das marcas Perdigão e Sadia, iniciou o recolhimento de produtos contaminados com salmonela, nesta quarta-feira (13)

Empresa recolhe 465 toneladas de frango por risco de salmonela

Companhia retirou cerca de 465 toneladas de frango do mercado

Companhia retirou cerca de 465 toneladas de frango do mercado

PixaBay

A BRF S.A, dona das marcas Perdigão e Sadia, iniciou o recolhimento de produtos contaminados com salmonela, nesta quarta-feira (13).
Cerca de 465 toneladas de frango, destinadas ao mercado nacional e internacional, foram recolhidas.

De acordo com um comunicado disponibilizado pela BRF através da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), serão recolhidos os lotes produzidos em Dourados, no Mato Grosso do Sul, nos dias 30 de outubro de 2018 e 05, 06, 07, 09, 10 e 12 de novembro.

Veja: Biossensor brasileiro avisa se alimentos estão contaminados por bactérias como a salmonella

A empresa informou ainda que os recolhimentos de produtos foram formalmente reportados para as autoridades brasileiras, entre elas, o MAPA (Ministério da Agricultura), Pecuária e Abastecimento e a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).