Espanha registra novo recorde de mortes por covid-19 em um dia

Foram 849 mortos por complicações causadas pela infecção com novo coronavírus e outras 9.222 novas infecções na segunda-feira (30)

Espanha 849 mortes entre segunda (30) e terça-feira (31)

Espanha 849 mortes entre segunda (30) e terça-feira (31)

Comunidad de Madrid via EFE / 31.3.2020

A Espanha registrou, na segunda-feira (3o), um novo recorde de mortes provocadas pela covid-19, chegando a 849 nas últimas 24h, para um total até o momento de 8.189 óbitos devido a pandemia, informou nesta terça-feira o Ministério da Saúde espanhol.

O máximo de mortes até então havia sido registrado no último domingo, com 838. Ontem, esse número havia caído para 812.

Ainda de acordo com o boletim, no país, nas últimas 24h, foram registradas nas 9.222 novas infecções, chegando a 94.417 casos positivos do coronavírus.

Além disso, 5.607 pacientes estão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), deixando estes serviços no limite da sua capacidade, especialmente nas regiões mais afetadas: Madri e Catalunha, com 80% de sua ocupação.

A nota positiva foi que 19.259 pessoas já se recuperaram da covid-19, quase 3,5 mil a mais que ontem.

Como todos os dias, desde o início da pandemia, Madri é a região mais afetada, com 27.509 casos registrados e 3.603 mortes. A segunda região mais afetada é a Catalunha, com 18.773 casos e 1.672 mortes.