Novo Coronavírus

Saúde Estados Unidos liberam a retomada das aplicações da vacina da Johnson

Estados Unidos liberam a retomada das aplicações da vacina da Johnson

Aplicação havia sido suspensa após o diagnóstico de coágulos sanguíneos em seis pessoas que receberam a vacina

  • Saúde | Do R7

hannon Stapleton/Reuters - 03.03.2021

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos liberou, nesta sexta-feira (23), a retomada das aplicações da vacina da Johnson & Johnson no país para adultos acima de 18 anos. 

A aplicação do imunizante havia sido suspensa após seis casos de coágulos sanguíneos diagnosticados em mulheres que receberam a vacina, sendo que uma delas morreu. De sete milhões de pessoas que receberam a vacina no país, 15 casos de coágulos foram relatados entre elas. 

A vacina desenvolvida pelo laboratório belga Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, para proteger da covid-19 é administrada em apenas uma dose.

Após a decisão, o CDC recomendou que a farmacêutica altere os rótulos do imunizante, acrescentando a informação sobre a possibilidade de formação de coágulos sanguíneos, efeito colateral tido como raro.

Os médicos do comitê consideraram que uma pessoa tem muito mais chances de desenvolver coágulos sanguíneos se for infectada pelo coronavírus do que se receber a vacina.

A Casa Branca informou que o país tem mais de 9 milhões de doses da vacina da Johnson para serem aplicadas.

Últimas