EUA passam das 100 mil mortes registradas por covid-19

País mais atingido pela pandemia no mundo tem mais que um quarto das mortes causadas pelo novo coronavírus e tem quase 1,7 milhão de casos

EUA já têm mais de 100 mil mortes atribuídas à covid-19

EUA já têm mais de 100 mil mortes atribuídas à covid-19

Justin Lane / EFE - EPA - arquivo

Os Estados Unidos, principal epicentro atual da pandemia do novo coronavírus no mundo, passaram das 100 mil mortes causadas pela covid-19. Os números foram contabilizados pela Universidade Johns Hopkins, que monitora a crise, nesta quarta-feira (27). Pela contagem, o país também tem pouco menos de 1,7 milhão de casos.

Leia também: EUA decidem proibir entrada de viajantes do Brasil no país

No mundo todo, a doença já atingiu mais de 5,6 milhões de pessoas. De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), a América é o continente mais afetado, com 2,3 milhões de pessoas infectadas com o vírus.

Com essa cifra, os EUA têm mais mortos por covid-19 que os três países que vêm a seguir na lista, somados. O Reino Unido tem cerca de 37,5 mil óbitos por conta da doença, seguido pela Itália, com quase 33 mil e pela França, com 28,5 mil.

No número total de casos, o Brasil continua como segundo maior do mundo, com 391 mil contágios registrados, seguido de perto pela Rússia, com 370 mil.