EUA registram mais de 2.000 mortes por covid-19 em um dia

País já superou a marca de 500 mil pessoas diagnosticadas com infecção pelo novo coronavírus, em parte, devido à ampliação da testagem

Nova York é o estado mais afetado nos EUA

Nova York é o estado mais afetado nos EUA

Brendan McDermid/Reuters - 6.4.2020

Os Estados Unidos registraram em 24 horas, até o fim do dia de sexta-feira (10), mais de 2.000 mortes por coronavírus, maior patamar diário.

O país está prestes a superar a Itália em óbitos decorrentes da doença e se tornar o com maior número de fatalidades em todo o mundo.

Devido à ampliação da capacidade de testagem, os EUA já conseguiram diagnosticar 501,6 mil pessoas com covid-19 até este sábado (11), de acordo com um monitoramento em tempo real do Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas da Universidade Johns Hopkins.

A grande maioria dos 18.777 óbitos se concentra no estado de Nova York e em sua capital, a localidade mais afetada do país.

Um estudo publicado no país recentemente mostrou que se os estados norte-americanos afrouxarem as medidas de distanciamento social em 30 dias, o número de mortes por covid-19 nos EUA pode chegar a 200 mil.