Saúde Exame de DNA comprova que gêmeos têm pais diferentes no Vietnã

Exame de DNA comprova que gêmeos têm pais diferentes no Vietnã

Médico explica que é possível um óvulo ser fecundado por mais de um espermatozoide

Exame de DNA comprova que gêmeos têm pais diferentes no Vietnã

Óvulos podem ser fecundados por espermatozoides diferentes, diz obstetra

Óvulos podem ser fecundados por espermatozoides diferentes, diz obstetra

Reprodução/independent.co.uk

Um exame de DNA comprovou que dois gêmeos, nascidos no Vietnã e hoje com dois anos, são filhos de pais diferentes.

Os próprios pais pediram que o teste fosse feito porque as crianças têm traços bem diferentes. Enquanto um tem cabelos grossos e ondulados, o outro tem cabelos finos e lisos.

A mãe dos gêmeos também foi testada, para que a possibilidade de troca de bebês na maternidade fosse descartada. Ela é, comprovadamente, mãe das duas crianças.

Mãe de gêmeos em que um tem microcefalia diz: "Tem dia que fico pensando por que um teve e outro não"

Gêmeo com irmão saudável foi 'paciente zero' em epidemia de microcefalia, diz médica

Já o marido da mãe é pai apenas de um dos meninos.

Gêmeos bipaternais são extremamente raros e acredita-se que este seja o primeiro caso registrado no Vietnã.

O médico Keith Eddleman, diretor do setor de obstetrícia do Hospital Mount Sinai, em Nova York, disse à rede de TV CNN que é possível uma mulher conceber gêmeos de pais diferentes porque o óvulo tem um tempo de vida de 12 a 48 horas, enquanto um espermatozoide pode viver por até dez dias.

Nessa janela de tempo, o óvulo pode ser fecundado por espermatozoides diferentes.

Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra!

    Access log