Febre amarela: com baixa procura, SP reforça importância da vacina

Em duas das UBSs pouco mais de 50% da população cadastrada foi imunizada

Procura pela vacina teve queda em algumas UBSs
Procura pela vacina teve queda em algumas UBSs Edu Garcia/03.11.2017/R7

Apesar de 1.064.650 doses já terem sido aplicadas na zona norte até a última sexta-feira (8), a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo reforça a importância da população da região em continuar procurando os postos de vacinação contra a febre amarela, já que unidades de saúde de bairros prioritários em distritos como Tremembé e Mandaqui ainda apresentam índice de imunização da população abaixo do esperado. (Veja os locais de vacinação na zona norte).

Segundo a pasta, as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) Jardim Fontalis e Vila Albertina, por exemplo, vacinaram pouco mais de 50% da população cadastrada. Nos postos Jardim Joamar e Lauzane Paulista, a procura pela dose contra a febre amarela não chegou a 40%.

Postos móveis

Os moradores da zona norte que ainda não se vacinaram poderão tomar a dose da vacina contra a febre amarela em postos móveis, instalados para intensificar a campanha de prevenção à doença na região. Nesta quarta-feira (13), mais de 800 doses da vacina foram aplicadas no Hipermercado Bergamini, na região do Jaçanã, entre as 9h e 16h.

Já tomei vacina de febre amarela, devo tomar de novo?

De acordo com o secretário municipal de saúde, Wilson Pollara, com a ação, a pasta conseguiu um bom índice de vacinação na região, mas a procura pelo imunizante tem diminuído nas últimas semanas.

— É importante que a população da região que ainda não tomou a vacina procure as nossas unidades ou os postos volantes para se proteger. Essa participação é fundamental para o sucesso da campanha e para evitar que a doença avance.

Vacinação na ZN

A ação preventiva na zona norte da capital teve início em 21 de outubro após um macaco do bugio ser encontrado morto no Parque do Horto com febre amarela. Na primeira fase, foram vacinadas 500 pessoas que moram ou trabalham a até 500 metros de distância no entorno do Horto Florestal e do Parque da Canteira. Na segunda fase, a distância foi ampliada para 1 km no entorno dos parques, que devem abrir apenas em janeiro.

Agora, a meta da campanha é imunizar toda a população da zona norte contra a doença.

Serviço
Postos móveis de vacinação zona Norte

De segunda a sexta, entre 14 e 22/12, das 8h às 17h
Igreja Comunidade Nossa Senhora Aparecida
Endereço: Rua Gervásio Leite Rebelo, 1299, Jardim Peri

Dia 15/12 (sexta-feira), das 9 às 16h
Supermercado Andorinha
Avenida Parada Pinto, 2.262, Lauzane

Dia 15/12 (sexta-feira), das 9 às 15h
Supermercado Pão de Açúcar
Rua Maria Amália Lopes de Azevedo, 852, Tremembé

Dia 16/12 (sábado), das 10h às 17h
Tietê Plaza Shopping
Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, 1465, Pirituba

Dia 18/12 (segunda-feira), das 9 às 16h
Bergamais
Avenida Dr. Francisco Ranieri, 835, Lauzane

Dia 21/12 (quinta-feira), das 10 às 16h
Santana Park
Rua Conselheiro Moreira Barro, 2.780, Lauzane

*Texto por Raquel Gamba, estagiária do R7