febre amarela
Saúde Febre amarela: secretário faz apelo para população se vacinar em SP

Febre amarela: secretário faz apelo para população se vacinar em SP

Wilson Pollara diz que houve redução de procura por imunizante na ZN

Febre amarela: secretário faz apelo para população se vacinar em SP

A vacinação é a melhor forma de se prevenir

A vacinação é a melhor forma de se prevenir

Edu Garcia/03.11.2017/R7

O secretário municipal de saúde, Wilson Pollara, afirmou ao R7 que houve redução na procura pela vacina contra a febre amarela na zona norte de São Paulo. A prefeitura investiga dez casos suspeitos da doença em pessoas que moram ou frequentam a região, sendo que um dos pacientes está internado. “Houve queda na vacinação. Então, é importante que falemos sobre a campanha para conscientizar a população.”

No início da investigação, eram 14 casos suspeitos, sendo que quatro já foram descartados.“Para confirmar um caso de febre amarela é necessário passar por três etapas: clínica; PRC, que detecta a presença do vírus no organismo, e a imunológica, para saber a reação do organismo ao vírus”, afirma Pollara.

Ainda segundo o secretário, outras quatro pessoas aguardam somente o resultado imunológico e seis esperam outras duas etapas. Um destes seis pacientes está internado após viajar para a África recentemente. Mais detalhes não foram divulgados para preservar a identidade dos pacientes, que já estão sendo tratados.

Ação contra aedes
A Secretaria Municipal de Saúde reforçou nesta semana as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, na zona norte da capital paulista, por causa da febre amarela. Entre segunda (6) e sexta-feira (10), 800 agentes de saúde ambiental intensificam a eliminação de criadouros nos imóveis localizados na faixa de 300 metros da mata da Serra da Cantareira.

Segundo a pasta, o objetivo das ações de combate ao Aedes aegypti é evitar a urbanização da doença, que não acontece desde 1942. Os casos confirmados até o momento da doença em macacos no município de São Paulo são do tipo silvestre, transmitido através da picada dos mosquitos Haemagogus e Sabethes, comuns em área de matas e vegetações à beira dos rios. Além de potencial transmissor da febre amarela, o mosquito também é responsável pela proliferação da dengue, zika vírus e chikungunya.

Mosquito é transmissor de febre amarela. Tire suas dúvidas

Vacinação na zona norte
Pollara ainda afirmou que a vacinação na zona norte da capital vai continuar e que os parques da região permanecem fechados. Até o momento, foram confirmadas três mortes de macaco por febre amarela no município, segundo a pasta. 

De acordo com o último balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, 720.338 pessoas haviam se vacinado contra a febre amarela, na zona norte da capital, até terça-feira (7). A campanha é focada nas pessoas que residem ou frequentam o entorno dos parques Horto Florestal, Cantareira e Anhanguera.

Antes da campanha, a pasta havia iniciado uma ação preventiva de imunização no Distrito Anhanguera. Entre 11 de setembro e 23 de outubro, foram vacinadas outras 35.569 na região.

Procura pela vacinação diminuiu, afirma secretário

Procura pela vacinação diminuiu, afirma secretário

Edu Garcia/03.11.2017/R7

A vacina contra a febre amarela é a melhor forma de se prevenir contra a doença, e uma única dose é o suficiente para se proteger por toda a vida. Porém, não é todo mundo que pode se imunizar, como gestantes, mulheres amamentando crianças com até 6 meses e pessoas imunodeprimidas (baixa imunidade), como pacientes em tratamento quimioterápico, radioterápico ou com corticoides em doses elevadas (portadores de Lúpus, por exemplo).

Ampliação de UBSs
Nesta quarta-feira (8), a secretaria iniciou a ampliação gradativa das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) que participam da campanha de vacinação contra a febre amarela na zona norte. Seis novos postos serão integrados aos 37 que já estão vacinando na região: UBS Vila Barbosa, UBS Vila Terezinha, UBS Jardim Icaraí, UBS Jardim Ladeira Rosa, UBS Vila Penteado e UBS Parque Edu Chaves. O objetivo é chegar a 56 unidades nos próximos dias.

A partir desta fase, algumas UBSs já retornam aos horários normais de atendimento: das 7h às 17h ou das 7h às 18h. A maioria, porém, segue em horário estendido, das 7h às 19h. (confira a lista abaixo com os horários).

Serviço:
Locais de vacinação de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h

1. UBS Jardim Apuanã - R Hum, 19
2. UBS Jardim Fontalis - R. Antonio Picarollo, 41
3. UBS/ESF Jardim das Pedras - R. Clóvis Salgado, 220
4. UBS Jardim Flor de Maio - Av. Nova Paulista, 561

Locais de vacinação de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h
5. UBS Horto Florestal - R. Luis Carlos Gentile de Laet, 603, esquina com Rua do Horto, 603 - Horto Florestal
6. UBS Jardim Rosinha – Av. Dalva de Oliveira, 82 - Morro Doce
7. UBS Morada do Sol - R. Assis Brasil, 31, esquina com Rua Luiz Vaz de Camões - Sol Nascente
8. UBS Morro Doce - R. Alberto Calix, 55 - Jd. Canaã

Locais de vacinação de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h
9. UBS/AMA Jardim Peri - Av. Peri Rochetti, 914 - Jd. Peri
10. UBS Dona Mariquinha Sciascia - R. Dr. José Vicente, 39 - Tremembé
11. UBS Vila Dionísia - R. Chen Ferraz Falcão, 50, Vila Dionísia
12. UBS Lauzane Paulista - R. Valorbe, 80
13. UBS Conjunto Ipesp - Av. Profª. Virgilia Rodrigues Alves de Carvalho Pinto, 555
14. UBS Wamberto Dias Costa - R. Paulo César, 60
15. UBS Vila Aurora - R. Jean Buff, 126
16. AMA/UBS Parque Anhanguera - R. Pierre Renoir, 100 - Via Anhanguera Km 24,5 - Jd. Britânia
17. UBS/PSF Alpes do Jaraguá - Alameda das Limeiras, 46
18. AMA/UBS Integrada City Jaraguá - Estrada de Taipas, 1648
19. AMA/UBS Integrada Elísio Teixeira Leite - R. João Amado Coutinho, 400
20. UBS/PSF Jardim Panamericano - R. Barra da Forquilha, 38 F
21. UBS/PSF Jardim Rincão - R. Arroio da Palma, 67
22. UBS/PSF União das Vilas de Taipas - Av. Elísio Teixeira Leite, 7.703
23. UBS Recanto dos Humildes - Av. Pavão, 36A
24. UBS Vila Caiuba - R. Presidente Vargas, s/n
25. UBS Ilza Weltman Huztler - Rua Cel. Walfrido Carvalho s/nº
26. UBS Vila Espanhola - Av. João Santos Abreu ,650
27. UBS Vila Dionísia II - Rua 07 de Setembro,73
28. UBS Jardim Guarani – Rua Santana do Araçuai, 160
29. UBS Jardim Vista Alegre – Rua Ibiraiaras, 21
30. UBS Silmarya R.M. Souza – Rua Euvaldo Augusto Freire, 20
31. UBS Jardim Paulistano – Rua encruzilhada do Sul, 220
32. UBS Anhanguera I – Rua Marcela Alves de Cássia, 175
33. UBS/AMA Jardim Ipanema – Rua Pedro Ravara, 11A
34. UBS Jardim Joamar - R. Adalto Bezerra Delgado, 230
35. UBS Dr. Osvaldo Marçal - R. Antonio Joaquim de Oliveira, 220
36. UBS Vila Nova Galvão - R. Alpheu Luiz Gasparinni, 116
37. AMA/UBS Integrada de Perus - Praça Vigário João Gonçalves de Lima, 239
38. UBS Vila Barbosa – Avenida Mandaqui, 197
39. UBS Vila Terezinha – Rua Domingos Francisco Medeiros, 70
40. UBS Jardim Icarai – Rua Almir Dehar, 201
41. UBS Jardim Ladeira Rosa – Rua José da Costa Gavião, 150
42. UBS Vila Penteado – Rua Urupeva, s/nº
43. UBS Parque Edu Chaves – Avenida Edu Chaves, 1.197