Coronavírus

Saúde Fiocruz vai participar de estudo com medicamento anti-Covid

Fiocruz vai participar de estudo com medicamento anti-Covid

O estudo de fase 3 do antiviral molnupiravir, fabricado pela farmacêutica MSD, deve começar na próxima semana

  • Saúde | Do R7

Antiviral molnupiravir é o primeiro contra a Covid-19 em formato de comprimido

Antiviral molnupiravir é o primeiro contra a Covid-19 em formato de comprimido

Divulgação MSD

Em nota divulgada nesta quarta-feira (6), a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) informou que vai participar do estudo de fase 3 do medicamento molnupiravir, fabricado pela farmacêutica MSD, que atua impedindo a replicação do Sars-CoV-2 no organismo de pessoas infectadas.

Segundo a fundação, a pesquisa deve começar na próxima semana de forma simultânea em sete centros no Brasil, sendo sob a responsabilidade da Fiocruz no Mato Grosso do Sul e no Rio de Janeiro com a coordenação dos pesquisadores Julio Croda e Margareth Dalcolmo.

Em nota, a MSD informou que o estudo vai incluir voluntários com mais de 18 anos não imunizados ou que tenham recebido apenas uma dose de uma vacina anti-Covid em no máximo seis dias.

Também é requisito que a pessoa more com alguém que tenha testado positivo nas últimas 72 horas e apresenta pelo menos um sintoma associado à doença. A pesquisa terá duração de seis meses.

Na fase 3, o molnupiravir será administrado por via oral, duas vezes ao dia, durante cinco dias consecutivos e será avaliado se o medicamento evita a transmissão do Sars-CoV-2 em pessoas que moram com indivíduos diagnosticados com a doença. 

Recentemente, a farmacêutica divulgou dados preliminares que indicam que o medicamento reduziu em 50% o risco de internação e morte por Covid-19 em pacientes adultos que desenvolveram a doença de forma leve ou moderada.

Últimas