Governo faz parceria para fabricar remédios contra câncer e artrite

Segundo ministro da Saúde, acordo ajudará o ministério a reduzir gastos

O Ministério da Saúde fez uma parceria com laboratórios privados para produzir remédios de alto-custo para tratamento do câncer e da artrite reumatoide — Etanercepte, Rituximabe, Bevacizumabe, Cetuximabe, Infliximabe e Trastuzumabe.

A parceria atual prevê investimento de R$ 500 milhões para construção, desenvolvimento de produtos e transferências tecnológicas. Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que a parceria "amplia a capacidade nacional dos laboratórios públicos e empresas privadas nacionais gerar conhecimento, inovação tecnológica, pesquisa aqui no Brasil".

— Além de garantir segurança aos pacientes permite também uma economia importante para o Ministério da Saúde.

Remédio para emagrecer é suspenso pela Anvisa

O secretário de SCTIE (Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos), Carlos Gadelha, destacou que as PDP relativas a esses seis medicamentos foram divulgadas em junho.

— Num período de cinco meses já se conseguiu um parceiro tecnológico que domina o ciclo completo de produção e que contratualmente se compromete e nós vamos seguir passo a passo esse processo para que a transferência de tecnologia seja integral desde o que eles chamam do lote semente até a embalagem do produto no Brasil.

Anvisa suspende remédio indicado para rinite alérgica

O acordo entre a multinacional Merck Serono e a Bionovis intermediado pelo Ministério da Saúde vai impulsionar as Parcerias para o PDP (Desenvolvimento Produtivo) em andamento com o governo federal para a produção nacional de biofármacos. A entrada da Merck Serono na parceria viabiliza a construção da fábrica que produzirá seis medicamentos biológicos a partir de 2014.

O acordo com a Merck Serono garante a transferência tecnológica, em cinco anos, entre a multinacional e a empresa Bionovis, criada para a fabricação exclusiva de medicamentos biológicos e formada por quatro grandes laboratórios (Aché, EMS, União Química e Hypermarcas).