Há morte de crianças por causa do novo coronavírus, diz OMS

Diretor-geral da organização fez alerta nesta segunda-feira (16), durante transmissão ao vivo; Já são quase 87 mil casos confirmados da doença

OMS pediu atenção em relação às escolas

OMS pediu atenção em relação às escolas

Aly Song/Reuters

A Organzação Mundial da Saúde (OMS) declarou nesta segunda-feira (16) que há registro de morte de crianças por covid-19 - doença causada pelo novo coronavírus -, embora elas não façam parte do grupo de risco.

"Esta é uma doença séria. Embora a evidência que temos sugira que aqueles com mais de 60 anos correm maior risco, jovens, incluindo crianças, morreram", disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da organização.

Leia também: Coronavírus: Espanha tem mil casos novos em um dia e 300 mortes

São quase 87 mil casos confirmados da doença em 146 países e cerca de 4 mil mortes, de acordo com a última atualização feita pela OMS.

Um estudo recente feito na China já havia comprovado que as crianças têm a mesma chance de contrair coronavírus do que os adultos.

Os pesquisadores concluíram que "as crianças correm um risco semelhante de infecção que a população em geral, embora com menor probabilidade de apresentar sintomas graves; portanto, devem ser consideradas nas análises de transmissão e controle".

A taxa de ataque foi de 7,4% em crianças de 0 a 9 anos; de 7,1%, de 10 a 19 anos; enquanto em adultos de 20 a 39 anos, girou em torno de 6%.

Os mais vulneráveis são idosos com idade entre 60 e 69 anos, em que a taxa de ataque foi de 15,4%. Maiores de 70 aos tiveram uma taxa de 9,7%.