Coronavírus

Saúde Imperial College: transmissão do coronavírus segue estável no Brasil

Imperial College: transmissão do coronavírus segue estável no Brasil

Dados desta terça-feira mostram variação para cima m indicador, mas ainda em patamar que indica leve queda

  • Saúde | Do R7

Movimento na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, no último domingo

Movimento na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, no último domingo

BRUNO MARTINS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 22.8.2021

A taxa de transmissão do coronavírus medida semanalmente pelo Imperial College London está em patamar de estabilidade no Brasil, segundo a atualização desta terça-feira (24).

O Rt, que avalia a capacidade de propagação do vírus, está em 0,99. Isto significa que 100 pessoas infectadas transmitem para outras 99.

Quando este número está abaixo de 1, sugere uma desaceleração da pandemia. Acima disso, um crescimento.

Na semana passada, o Rt estava em 0,98; na anterior, 0,90. Embora tenha havido esta variação, o Imperial College ainda classifica o Brasil na categoria de "estável/subindo lentamente".

Dados do Ministério da Saúde mostram que a semana passada foi a com menor número de mortes por covid-19 no país desde a última semana de 2020.

Já o número de casos se manteve estável em relação à semana anterior, embora seja o mais baixo desde novembro.

Conforme cidades avançam na retirada das restrições impostas há quase um ano e meio, é esperado um aumento de casos, segundo especialistas.

A vacinação, todavia, deve frear as hospitalizações e mortes. Mas, para isto, é preciso acelerar a cobertura vacinal com duas doses.

Últimas