Itália registra mais de 2 mil mortes por coronavírus; 349 nas últimas 24h

Número total de infectados com o vírus, desde a detecção do surto no final de fevereiro, é de 27.980, contando os doentes, os mortos e os curados

País europeu concentra 27.980 casos confirmados desde o início da pandemia

País europeu concentra 27.980 casos confirmados desde o início da pandemia

Christian Hartmann/Reuters

O número de mortes provocadas pelo novo coronavírus alcançou 2.158 casos na Itália, só nas últimas 24h foram confirmados 349 óbitos. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (16) pelo chefe de Proteção Civil, Angelo Borrelli, durante entrevista coletiva. 

O número de pacientes infectados no país, o segundo do mundo em casos após a China, é de 23.073 pessoas, um aumento de 2.470 em relação ao domingo (15), e os curados são 414 a mais, no total de 2.749.

Com isso, o número total de infecções desde a detecção do surto no final de fevereiro é de 27.980, contando os doentes, os mortos e os curados, enquanto os testes realizados na população são agora 138.000.

Taxa de letalidade

A taxa de letalidade da covid-19 na Itália é de 8,78% superior à média global, que é em torno de 3,7%. Isto se justifica pelo grande número de idosos que o país europeu tem. Pessoas acima de 65 anos são as que mais têm complicações decorrentes da covid-19, assim como doentes crônicos e imunossuprimidos.

Veja: Coronavírus pode estar diminuindo em região mais atingida da Itália

Em todo o mundo (144 países), são 153,5 mil casos de covid-19, sendo 81 mil só na China. As mortes somam, agora, mais de 6 mil (um terço na Itália).

A Itália decretou duras restrições à movimentação de pessoas em todo o seu território na tentativa de tentar conter o avanço do coronavírus.

Arte R7