febre amarela
Saúde Macaco bugio é diagnosticado com febre amarela no Zoológico de SP

Macaco bugio é diagnosticado com febre amarela no Zoológico de SP

Secretaria Municipal da Saúde irá reforçar vacinação ao redor do Zoológico e do Jardim Botânico da cidade. Bugio segue isolado e em observação

Macaco bugio é diagnosticado com febre amarela no zoológico de SP

Posto de vacinação foi instalado em frente ao Zoológico para imunizar visitantes

Posto de vacinação foi instalado em frente ao Zoológico para imunizar visitantes

Divulgação/Zoológico

Um macaco bugio foi diagnosticado com febre amarela nesta sexta-feira (8), no Zoológico de São Paulo, zona sul da cidade. O bugio está isolado e sob monitoramento.

De acordo com a prefeitura, a Secretaria Municipal de Saúde criou uma força-tarefa para vacinar a população que vive no entorno desses locais. O Zoológico e o Jardim Botânico recomendam que apenas pessoas vacinadas visitem os locais.

Leia também: Foco da febre amarela no verão será no litoral de SP e Vale do Ribeira

A vacinação será feita por meio de postos volantes e casa a casa, num raio de 300 metros, distância aproximada de alcance de voo do mosquito transmissor.

Foi instalado também um posto de vacinação na entrada do Parque Zoológico de São Paulo, que funcionará durante este fim de semana das 9h às 17h. No local, os visitantes receberão orientações sobre a necessidade da vacina e eliminação de criadouros do Aedes aegypti. 

Veja mais: Saiba por que você deve tomar a vacina contra a febre amarela

A Secretaria Municipal de Saúde recomenda que os usuários verifiquem as carteiras de vacinação antes de se dirigirem ao Zoológico e ao Jardim Botânico da cidade.

A vacina da febre amnarela demora dez dias para começar a fazer efeito e pode ser encontrada em todas as UBS (Unidade Básica de Saúde) do município de segunda a sexta-feira e nas AMAS/UBS Integradas de segunda a sábado. 

*Estagiária do R7 sob supervisão de Marcos Sergio Silva

Ainda não tomou a vacina contra a febre amarela? Tire as suas dúvidas: