Sarampo
Saúde Manaus confirma morte de bebê de sete meses por sarampo

Manaus confirma morte de bebê de sete meses por sarampo

Prefeito decretou estado de emergência na última terça-feira (2); no Estado do Amazonas, há 271 casos confirmados e 1.841 sob investigação 

Manaus confirma morte de bebê de sete meses por sarampo

O Estado do Amazonas passa por surto da doença, com 271 casos e 1.841 suspeitas

O Estado do Amazonas passa por surto da doença, com 271 casos e 1.841 suspeitas

OMS/ONU

Um bebê de sete meses foi a primeira vítima fatal do sarampo em Manaus. A ocorrência foi confirmada pela prefeitura de Manaus nesta quinta-feira (5), após resultado da sorologia, realizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (LACEN/AM). Segundo histórico médico, o menino não havia sido vacinado.

O bebê apresentou os primeiros sintomas como febre, exantema, tosse e coriza no último dia 23 e foi internado no Hospital e Pronto Socorro Infantil João Lúcio, zona leste de Manaus, após agravamento do quadro. Ele faleceu três dias depois.

Leia também: Volta da Copa pode potencializar surto de sarampo no Brasil

Outro caso ainda em investigação é de uma menina de nove meses falecida no dia 23 de junho. Ela também não foi vacinada e técnicos de saúde fazem um levantamento de informações junto aos familiares para confirmar a causa da morte.

Na terça-feira (3), o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, decretou situação de emergência após a confirmação de 271 casos e 1.841 suspeitas da doença. O decreto tem validade de 180 dias.

Saiba quais doenças podem ser evitadas com vacina: