Saúde Mandetta nega que tentou 'forçar demissão' com declarações recentes

Mandetta nega que tentou 'forçar demissão' com declarações recentes

Questionado sobre a possibilidade, o ministro da Saúde afirma seguir focado no trabalho contra o coronavírus

  • Saúde | Do R7

Mandetta e Bolsonaro divergem sobre isolamento

Mandetta e Bolsonaro divergem sobre isolamento

Adriano Machado/Reuters - 18.3.2020

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, negou que suas recentes declarações à imprensa tiveram o objetivo de forçar uma demissão da pasta. "Não, absolutamente", declarou ele ao ser questionado nesta terça-feira (14) durante entrevista coletiva.

"[Minhas declarações recentes] foram muito mais relacionadas à comunicação. Nada além disso. É no trabalho mesmo que estamos focados", afirmou Mandetta.

Leia mais: "Mandetta é um ex-ministro no cargo", diz fonte do governo

O ministro contou ainda que ele e os outros membros da pasta estão passando por um momento de muito estresse coletivo. "A gente sabe bem o tamanho da nossa responsabilidade e vai trabalhar com toda garra e intensidade", disse.

Bolsonaro e Mandetta divergem publicamente já há algumas semanas a respeito do isolamento dos brasileiros em meio ao avanço da pandemia de coronavírus.

Enquanto Bolsonaro defende que seja adotado um "isolamento vertical", somente para idosos e portadores de doenças pré-existentes, Mandetta é favorável que as pessoas permaneçam em suas casas pare evitar o avanço da doença.

Últimas