Máscara de lenço umedecido está entre as fake news sobre covid-19

Junto à disseminação do novo coronavírus na sociedade, vieram as notícias falsas. Outro exemplo é o gargarejo com sal que poderia eliminar o vírus

Chinesa improvisa máscara com lenços umedecidos

Chinesa improvisa máscara com lenços umedecidos

Reprodução

O Brasil tem 1.128 casos confirmados e 18 pessoas mortas por covid-19, de acordo com a última atualização feita pelo Ministério da Saúde. O primeiro caso da doença no país foi registrado no dia 26 de fevereiro, o que mostra a rápida propagação do novo coronavírus em menos de um mês.

Com a disseminação do vírus na sociedade, veio também o desespero de muitas pessoas e o compartilhamento de diversas notícias falsas sobre o novo vírus. O R7 reuniu dois exemplos: um sobre uma falsa cura e outro sobre uso de máscaras improvisadas.

A primeira se espalhou no formato de uma imagem. Ela traz a seguinte mensagem: "o coronavírus, antes de antingir os pulmões, permance na garganta por 4 dias e, nesse período, a pessoa começa a tossir e sentir dores na garganta. Se essa pessoa beber muita água e fizer gargarejo com água morna, sal ou vinagre, isso eliminará o vírus".

"Não existe isso. É bobagem", afirma o infectologista Evaldo Stanislau Affonso de Araújo, membro da diretoria da Sociedade Paulista de Infectologia. "[O vírus] é aspirado e vai da parte superior para a inferior do trato pulmonar, mas isso é uma coisa instanntânea", completa.

Notícia falsa diz que água morna, sal ou vinagre é capaz de eliminar o novo vírus

Notícia falsa diz que água morna, sal ou vinagre é capaz de eliminar o novo vírus

Reproduçãi

Segundo o Ministério da Saúde, não há nenhum medicamento, chá, substância, vitamina, alimento específico ou vacina que possa prevenir a infecção pelo coronavírus.

Também não há nenhum tratamento específico para a covid-19. O presidente Jair Bolsonaro anunciou neste sábado (21), em vídeo em sua conta no Twitterque pesquisadores do Hospital Albert Einstein deram início a um protocolo de pesquisa para avaliar a eficácia da cloriquina nos pacientes infectados com o coronavírus.

Os Estados Unidos aprovaram o uso do medicamento para tratar pacientes com covid-19. Mas, por enquanto, o que se tem são pesquisas preliminares que precisam ser ampliadas.

Máscara com lenço umedecido

Uma mulher chinesa aparece em um vídeo em que improvisa uma "máscara de proteção com lenços umedecidos". Ela separa dois pedaços e, com uma tesoura, faz aberturas para pendurá-los em sua orelha, de modo que eles cobrem seu nariz e sua boca.

O infectologista ressalta que a Organização Mundial da Saúde não recomenda nenhum tipo de máscara de tecido ou improvisada. "E nenhuma pessoa que não tenha sintomas deve usar máscara. Apenas profissionais de saúde e quem está doente precisa usar", destaca.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) recomenda que apenas pessoas que estão com covid-19 devem usar máscara.

Guia com informações básicas sobre o novo coronavírus

Guia com informações básicas sobre o novo coronavírus

Arte R7