Máscara não impede contaminação de coronavírus, diz especialista

Especialista recomenda evitar viagens para os locais onde o vírus está circulando, lavar mais as mãos, uso do álcool gel e alerta a sintomas

Kim Kyung-Hoon/Reuters - 28.1.2020

O surto do coronavírus na China e os casos suspeitos ao redor do mundo já fizeram o brasileiro procurar formas de se proteger. Em algumas farmácias as máscaras já estão em falta. O Brasil ainda não registrou nenhum caso do surto de pneumonia, mas há suspeitos.

Ao JRNews da Record News, Raquel Saito, professora de Saúde Pública e Vigilância Epidemiológica da Faculdade Santa Marcelina explica que o uso das máscaras é mais recomendado às pessoas que podem estar contaminadas.

Já as pessoas que querem evitar a contaminação, devem procurar uma máscara específica regulamentada como equipamento de segurança, 'mas ela é usada por profissionais da saúde que vão tratar pessoas contaminadas', alerta Saito.

Segundo a especialista, a higiene e pequenos cidados ajudam na hora da proteção. Ela afirma que as pessoas devem lavar mais as mãos, com bastante atenção e maior frequência, usar o álcool gel, e evitar viajar para lugares onde o vírus já circula.

Assista à íntegra da explicação