México quebra recorde diário de novos casos de coronavírus

Com quase 7.000 novos casos, país chegou a um total de 275.003 infecções desde o início da pandemia. Também foram relatadas 782 novas mortes

Subsecretário de Prevenção e Promoção da Saúde apresentou os novos dados

Subsecretário de Prevenção e Promoção da Saúde apresentou os novos dados

Presidência do México - EFE 09.07.2020

O México registrou nesta quarta-feira 6.995 novos casos de coronavírus, um recorde no país no período de 24 horas, e chegou a um total de 275.003 infecções desde o início da pandemia, segundo informações divulgadas pelas autoridades sanitárias.

De acordo com dados do relatório diário publicados em um site oficial do governo mexicano, os números representam um aumento de 2,7% nos contágios em relação ao dia anterior.

Nas últimas 24 horas, as autoridades sanitárias mexicanas relataram 782 mortes por covid-19, elevando o total do país para 32.796, 2,4% a mais do que na véspera.

O número de casos considerados ativos, com pacientes diagnosticados nos últimos 14 dias, aumentou em 1.334 nas últimas 24 horas, para um total de 27.891, de acordo com o relatório. Por outro lado, mais 4.149 pessoas foram curadas e já são 167.795 recuperados no país desde que a crise sanitária começou.

O subsecretário de Prevenção e Promoção da Saúde, Hugo Lopez-Gatellis, disse que a epidemia no México continua desacelerando, embora obviamente ainda esteja ativa.

"O fato de o número de casos estar aumentando não significa que a epidemia esteja acelerando. Uma coisa é que a epidemia ainda está em fase de crescimento e outra é que a velocidade em que este aumento está ocorrendo é cada vez mais lenta", analisou.