Ministério da Saúde já descartou 21 casos suspeitos de coronavírus 

Nas últimas 24 horas foram descartados cinco casos que estavam em investigação laboratorial; resultados deram positivo para outros vírus

Outros 11 pacientes aguardam resultados de exames

Outros 11 pacientes aguardam resultados de exames

Willian Moreira/Futura Press/Estadão Conteúdo - 2.2.2020

Já chega a 21 o número de casos suspeitos do novo coronavírus descartados no Brasil, informou nesta quarta-feira (5) o Ministério da Saúde.

"Conseguimos de ontem para hoje descartar cinco casos: um em Santa Catarina e quatro em São Paulo, por conta de positividade para outros vírus respiratórios", afirmou o infectologista Júlio Croda, diretor do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis em Saúde da pasta.

Leia também: Aviões brasileiros têm bolha de isolamento em caso de sintomas

Onze casos continuam em investigação, sendo que nove entraram de ontem para hoje. Destes, seis foram testados para vírus respiratórios comuns, deram negativo e foram enviados para investigação específica do novo coronavírus. Outros cinco estão sendo processados em busca de vírus respiratórios comuns.

Croda explicou que os primeiros testes feitos são em busca de vírus respiratórios mais comuns e destacou que poucos pacientes estiveram na província de Hubei, onde o vírus está disseminado com mais intensidade.

"Dos 21 descartados, mais os 11 suspeitos, só tivemos três de Wuhan [epicentro da epidemia]. Os demais vieram de outras cidades da China. Então, a probabilidade de um exame dar positivo para influenza é justificada. Nossos dados provam: 50% deram positivo para influenza A ou B."

Leia também: Entenda como são feitos os exames de coronavírus no Brasil

Em todo o mundo, a epidemia do novo coronavírus já infectou 24,6 mil pessoas, sendo 99% dos casos na China. As mortes chegam a 494, mas apenas duas ocorreram fora: uma em Hong Kong e outra nas Filipinas.