Novo Coronavírus

Saúde Mortes por covid-19 nos EUA têm aumento recorde pelo 2º dia

Mortes por covid-19 nos EUA têm aumento recorde pelo 2º dia

Com 2.371 mortes nas últimas 24 horas, o país que é o epicentro mundial da pandemia de coronavírus já tem mais de 30 mil óbitos registrados

Reuters
Familiares de vítima da covid-19 acompanham enterro no Colorado (EUA)

Familiares de vítima da covid-19 acompanham enterro no Colorado (EUA)

Jim Urquhart / Reuters - 15.4.2020

As mortes por covid-19 nos EUA aumentaram em número recorde pelo segundo dia consecutivo, subindo 2.371 nesta quarta-feira (15), para um total de 30.800, segundo contagem da Reuters, enquanto alguns estados seguem subestimando o pior da pandemia de coronavírus, pensando em acabar parcialmente com o isolamento social até 1º de maio.

Leia também: EUA começam a pagar auxílio emergencial a cidadãos

Os EUA registraram sua primeira fatalidade por coronavírus em 29 de fevereiro. Demorou 38 dias para atingir 10.000 mortes e apenas mais nove dias para passar de 10.000 para 30.000 mortes. A maior alta diária no número de mortos era 2.364 na terça-feira.

Os casos confirmados de Covid-19 superaram 635.000 nos EUA e 2 milhões em todo o mundo.

Estados querem reabrir

Apesar do aumento nas mortes, há esperança em algumas partes do país de que o surto está começando a diminuir.

Governadores de cerca de 20 estados com menos casos de coronavírus acreditam que podem estar prontos para iniciar processo de reabertura de suas economias até a data prevista de 1º de maio pelo presidente norte-americano, Donald Trump, disse uma importante autoridade de saúde dos EUA na quarta-feira.

Governadores nos estados mais atingidos — Nova York, Califórnia, Louisiana, Nova Jersey, Massachusetts e Michigan — disseram que há necessidade de testagem mais ampla antes de começar a encerrar o isolamento.

Últimas