Novo Coronavírus

Saúde Mundo tem 1,5 milhão de casos de coronavírus, diz universidade

Mundo tem 1,5 milhão de casos de coronavírus, diz universidade

Levantamento da Universidade Johns Hopkins mostra que a barreira foi superada apenas 6 dias após chegar a 1 milhão; já são mais de 87 mil mortes

  • Saúde | Fábio Fleury, do R7

Pandemia fez o uso de máscaras nas ruas se tornar cena comum pelo mundo

Pandemia fez o uso de máscaras nas ruas se tornar cena comum pelo mundo

Marcos Pin / EFE - 8,4,2020

O levantamento feito pela Universidade Johns Hopkins, nos EUA, apontou que o número de casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus passou a barreira de 1,5 milhão nesta quarta-feira (8).

Leia também: 'Parem de politizar o coronavírus', pede diretor da OMS

A marca foi atingida apenas seis dias depois que o número de casos no mundo chegou a 1 milhão, na última quinta-feira (2). O banco de dados da universidade também contabiliza 87 mil mortes.

EUA, Espanha e Itália, os mais afetados

Os EUA seguem como país mais afetado no mundo, com um total de 423.135 casos confirmados da covid-19, além de 14.390 mortos.

A Espanha tem o segundo maior número de contaminados no mundo, com 146.690 e o segundo maior número de mortes: 14.673.

A Itália tem o maior número de óbitos na pandemia, 17.669, e tem o terceiro maior número de casos: 139.422. A França está em quarto nas duas listas, com 113.959 contaminados e 10.869 mortos.

Últimas