'Não acaba enquanto vírus estiver em algum lugar do mundo', diz OMS

Órgão alerta para países que sofreram repiques da doença quando lockdown foi relaxado e pede que população respeite medidas de segurança

OMS ressaltou nesta sexta-feira (5) que pandemia não chegou ao fim

OMS ressaltou nesta sexta-feira (5) que pandemia não chegou ao fim

Denis Balibouse/Reuters - 18.05.2020

Alguns países viram "repiques" de casos de covid-19 com o relaxamento do lockdown e a população tem de continuar a se proteger contra o coronavírus, disse a OMS (Organização Mundial da Saúde) nesta sexta-feira (5).

"Sobre repiques, sim, vimos em países ao redor do mundo - não estou falando especificamente da Europa - quando lockdowns foram relaxados, quando as medidas de distanciamento social foram afrouxadas, as pessoas às vezes interpretam isso como 'ok, acabou'", disse a porta-voz da OMS Margareth Harris em briefing da ONU (Organização das Nações Unidas) em Genebra.

"Não acabou. Não acaba até que o vírus não esteja em qualquer lugar do mundo", disse ela, acrescentando que os manifestantes que têm ido às ruas em atos contra o racismo nos Estados Unidos têm de tomar precauções quando se reúnem.

Covid-19: veja como está sendo o retorno gradual às atividades pelo mundo