Novo Coronavírus

Saúde OMS analisa vacina da Pfizer para possível listagem de emergência

OMS analisa vacina da Pfizer para possível listagem de emergência

O Reino Unido anunciou nesta quarta-feira (2) que deve começar a imunizar os mais vulneráveis com a vacina já na semana que vem

Reuters - Internacional
Caso análise da OMS seja aprovada, outros países poderão aplicar vacina

Caso análise da OMS seja aprovada, outros países poderão aplicar vacina

Denis Balibouse/Reuters - 18.05.2020

A OMS (Organização Mundial de Saúde) informou nesta quarta-feira (2) que recebeu dados da vacina contra covid-19 desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech e a está analisando para "possível listagem para uso emergencial", um marco para que países autorizem a aplicação em âmbito nacional.

Leia também: Vacina contra covid-19: Reino Unido é 1º país a aprovar imunizante da Pfizer e pode iniciar aplicação em uma semana

Em uma referência à Agência Regulatória de Medicamentos e Saúde do Reino Unido (MHRA), que mais cedo aprovou a vacina Pfizer/BioNTech, a agência da ONU afirmou em comunicado à Reuters: "A OMS também está em discussões com a MHRA sobre a possibilidade de acessar algumas das informações da avaliação que fizeram, o que aceleraria a listagem emergencial pela OMS".

O Reino Unido aprovou a vacina contra a covid-19 da Pfizer em parceria com a BioNTech, saindo na frente dos Estados Unidos e da União Europeia para se tornar o primeiro país ocidental a formalmente endossar um imunizante, que o governo britânico disse que começará a chegar para os mais vulneráveis na semana que vem.

Últimas