OMS: há evidência de transmissão de coronavírus por contato

Organização se reuniu nesta quarta para discutir eventual declaração de emergência em relação ao surto iniciado na China; conclusão sairá amanhã

OMS elogiou trabalho das autoridades chinesas

OMS elogiou trabalho das autoridades chinesas

EFE/EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

A OMS (Organização Mundial da Saúde) reconheceu em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (22) que "há evidências" de transmissão por contato humano do novo tipo de coronavírus, "mas isso não determina o impacto" do surto com o vírus.

Ao fim de uma reunião para decidir se declararia a situação como emergência de saúde pública, a OMS definiu continuar as discussões amanhã, mas ponderou que as "ações públicas" para conter a disseminação do vírus já estão em andamento e não dependem dessa classificação.

A OMS também elogiou a atuação de autoridades chinesas, em especial o presidente Xi Jinping e o vice-primeiro-ministro Liu He, nas medidas para conter o novo tipo de coronavírus.

Leia também: Epicentro do surto de coronavírus, Wuhan fecha rede de transporte

Emergência

Após finalizar a reunião para discutir o surto causado por um novo tipo de coronavírus, a OMS afirmou que vai continuar a discussão sobre declarar ou não situação de emergência de saúde pública amanhã. A entidade avaliou que precisa de mais informações antes de decidir.

"Levamos muito a sério" a decisão de declarar emergência, afirmou a OMS em declarações à imprensa.