Sarampo
Saúde OMS recomenda duas doses de vacina contra o sarampo 

OMS recomenda duas doses de vacina contra o sarampo 

Foram registrados 112 mil casos de sarampo em 170 países; houve aumento de 300% da doença na Europa e 700% na África desde o início do ano

Casos de sarampo têm aumento de 300% no mundo, diz OMS

A OMS recomenda a todos duas doses da vacina contra o sarampo

A OMS recomenda a todos duas doses da vacina contra o sarampo

OMS/OPAS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que o número de casos de sarampo no mundo aumentou cerca de 300% no primeiro trimestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2018.

Dados preliminares divulgados pela OMS indicam que foram registrados mais de 112 mil casos de sarampo em 170 países nos três primeiros meses de 2019. A entidade informou que os recentes surtos da doença causaram muitas mortes, principalmente de crianças.

Leia também: Nova York declara emergência pública por epidemia de sarampo

Os casos de sarampo na África aumentaram em aproximadamente 700%, em comparação ao mesmo período do ano passado. Na Europa, o crescimento foi de 300%, apesar do uso de vacinas na região ser mais difundido.

Segundo a OMS, o sarampo é quase totalmente evitável por meio de duas doses de uma vacina segura e eficaz. Mas a organização afirmou que somente 67% da população mundial tomaram a segunda dose.

Saiba mais: Como uma doença evitável retornou do passado

A OMS aconselha que as pessoas tomem as duas doses da vacina. A organização também pede que os países garantam que todas as crianças sejam vacinadas, uma vez que o sarampo pode afetá-las mais duramente.

Medo de sarampo? Tire todas as suas dúvidas sobre a doença: