Paraná descarta três casos suspeitos de coronavírus

Dois brasileiros e um tripulante de navio da China estavam em observação nos últimos dias, mas diagnósticos de coronavírus não se confirmaram

Epidemia começou na China em dezembro e já infectou mais de 6.000 pessoas

Epidemia começou na China em dezembro e já infectou mais de 6.000 pessoas

MARK SCHIEFELBEIN/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Autoridades de saúde do estado do Paraná informaram nesta quarta-feira (29) que todos os três casos suspeitos de coronavírus de Wuhan (China) no estado foram descartados.

Ontem, o Rio Grande do Sul já havia descartado outro caso suspeito. Com isso, apenas a situação de uma jovem em Minas Gerais está pendente de confirmação.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, as três suspeitas foram afastadas por critérios clínicos e epidemiológicos.

O primeiro caso, de um tripulante de um navio que desembarcou em estado febril no porto de Paranaguá nem mesmo chegou a ser notificado ao Ministério da Saúde.

Em seguida, um rapaz de 29 anos do Ceará que havia viajado à China recentemente foi internado em Curitiba, onde estava a trabalho. Exames laboratoriais confirmaram que ele tinha influenza B, um tipo de vírus da gripe.

Uma jovem de 23 anos também foi internada após ter passado pela China. "Clinicamente, o caso também já foi descartado em razão do período de incubação e manifestação dos sintomas, que passa de 15 dias. Exames laboratoriais estão sendo realizados para que haja notificação oficial ao Ministério da Saúde", informou a secretaria.

Leia também: Saiba em quais países o novo coronavírus já foi registrado

Arte/R7