Coronavírus

Saúde Pazuello promete 4,7 mi de doses de vacinas até o início de março

Pazuello promete 4,7 mi de doses de vacinas até o início de março

Ministro da Saúde participou nesta sexta-feira de reunião com prefeitos para discutir avanço da imunização e leitos de UTI

  • Saúde | Do R7

Governo conta com entregas de imunizantes do Butantan e da Fiocruz

Governo conta com entregas de imunizantes do Butantan e da Fiocruz

Roberto Zacarias/Mafalda Press/Estadão Conteúdo - 18.1.2021

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, prometeu enviar aos municípios 4,7 milhões de doses de vacinas contra covid-19 até o início de março durante uma reunião com prefeitos nesta sexta-feira (19).

No encontro com representantes da FNP (Frente Nacional dos Prefeitos), o ministro detalhou que 2,7 milhões de doses serão entregues ao governo federal pelo Instituto Butantan e outros 2 milhões pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

Este último lote será da vacina Oxford/AstraZeneca, importado do Instituto Serum, da Índia.

Outro assunto foi o financiamento de leitos de UTI destinados a pacientes covid-19. Pazuello afirmou que há recursos disponíveis para custear as internações até o mês de março.

Ontem, em reunião com governadores, Eduardo Pazuello, falou que o Brasil terá 230,7 milhões de doses de vacinas até julho.

O cronograma apresentado por ele incluiu 10 milhões de doses da vacina russa Sputnik V e 20 milhões da Covaxin, produzida pelo laboratório indiano Bharat Biotech.

No entanto, não há qualquer pedido em andamento na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para autorização de uso emergencial ou registro dessas duas vacinas.

Últimas