Novo Coronavírus

Saúde Pfizer descarta entregar doses de vacina ao país em dezembro

Pfizer descarta entregar doses de vacina ao país em dezembro

Imunizante já está sendo aplicado na população no Reino Unido e há expetativa de ser aprovado nesta quinta-feira (10) pela FDA dos EUA

  • Saúde | Do R7

Considerada inovadora, a vacina da Pfizer é feita a partir de RNA mensageiro

Considerada inovadora, a vacina da Pfizer é feita a partir de RNA mensageiro

Jacob King/Pool/via Reuters

A Pfizer afirma que aguarda o governo brasileiro assinar a carta de intenção de compra de 70 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus, mas ressalta que as doses não serão entregues em dezembro.

O acordo deve ser assinado até o final desta semana e o uso da vacina no Brasil vai depender da autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). 

Leia também: Ministério da Saúde confirma 1º caso de reinfecção por covid-19

O Reino Unido se tornou o primeiro país do mundo a aprovar a vacina contra o coronavírus da Pfizer para uso na população. A imunização teve início na terça-feira (8). O MHRA, órgão regulatório britânico, afirmou que a vacina oferece até 95% de proteção contra a covid-19.

A expectativa é que o FDA, órgão regulatório norte-americano, aprove nesta quinta-feira (10) o uso da vacina nos Estados Unidos. A previsão é que a vacinação seja realizada de 11 a 18 de dezembro em todo o país. Nessa primeira fase, serão aplicadas mais de 6 milhões de doses. 

Últimas