Coronavírus

Saúde Pfizer entregará ao Brasil 14 mi de doses até junho, diz assessor

Pfizer entregará ao Brasil 14 mi de doses até junho, diz assessor

Auxiliar do ministro da Saúde afirma que empresa vai antecipar 5 milhões de doses para somar a duas remessas

  • Saúde | Do R7

Brasil caminha para fechar acordo de aproximadamente 100 milhões de doses com a Pfizer

Brasil caminha para fechar acordo de aproximadamente 100 milhões de doses com a Pfizer

Carlos Osorio/Reuters

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o assessor especial do Ministério da Saúde, Airton Cascavel, anunciaram nesta segunda-feira (8) que o Brasil receberá 14 milhões de doses da vacina contra covid-19 desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech.

O comunicado foi feito enquanto o presidente Jair Bolsonaro e ministros estavam reunidos por videoconferência com o diretor-executivo global da Pfizer, Albert Bourla.

O governo brasileiro caminha para um contrato de 100 milhões de doses da vacina da Pfizer para este ano, mas a grande maioria estava prevista para o segundo semestre.

Cascavel afirmou que a empresa se comprometeu a antecipar 5 milhões de vacinas que seriam entregues a partir de julho.

"Nós tínhamos uma previsão da Pfizer de 99 milhões de vacinas neste ano: 2 milhões em maio, 7 milhões em junho e 10 milhões [por mês] até o início do último trimestre, onde estão 60 milhões. O que o presidente da Pfizer garantiu ao presidente Bolsonaro hoje? Antecipação de 5 milhões do segundo semestre para maio e junho. Ou seja, dos 9 milhões que nós tínhamos previstos, se incorporarão mais 5 milhões, passando para 14 milhões em maio."

A vacina Pfizer/BioNTech é a única até o momento com registro sanitário (definitivo) concedido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Portanto, já pode ser importada.

A negociação com a Pfizer, que havia começado em agosto, destravou na última semana após o Congresso aprovar uma emenda a um projeto de lei que permitia ao governo federal atender às exigências contratuais impostas pela farmacêutica.

Últimas