Pnad Contínua será usada para monitorar pandemia de coronavírus

Levantamento será realizado por telefone, com entrevistas às mesmas pessoas por pelo menos três meses e estatísticas divulgadas semanalmente

Pesquisa trará resultados de novos casos da doença no Brasil semanalmente

Pesquisa trará resultados de novos casos da doença no Brasil semanalmente

Joédson Alves/EFE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) firmou parceria com o Ministério da Saúde para implementar uma versão inédita da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad-C) com foco na pandemia do novo coronavírus. A pesquisa trará "resultados dos novos casos de síndrome gripal para Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação" e será divulgado semanalmente.

Segundo nota divulgada nesta quinta-feira (2) pelo IBGE, a nova Pnad-Covid "será um estudo de painel longitudinal representativo da população brasileira (seguindo as mesmas pessoas)".

"A PNAD-Covid será feita remotamente, pelo telefone, pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde e entrevistará as mesmas pessoas por pelo menos três meses, com estatísticas oficiais da Covid divulgadas semanalmente", diz a nota do IBGE.

A nota informa ainda que mais detalhes sobre a Pnad-Covid e um cronograma serão divulgados nos próximos dias.