Novo Coronavírus

Saúde Quatro em cada dez internados com covid-19 precisam fazer diálise

Quatro em cada dez internados com covid-19 precisam fazer diálise

Diretor do Instituto Emílio Ribas alerta para sequelas de pacientes que incluem, além de problemas renais, questões neurológicas e vasculares

  • Saúde | Do R7

Luiz Carlos Pereira, diretor do Instituto Emílio Ribas

Luiz Carlos Pereira, diretor do Instituto Emílio Ribas

Reprodução

Quatro em cada dez pacientes internados em UTI com covid-19 sofrem com insuficiência renal e precisam passar por diálise, disse o diretor do Instituto Emílio Ribas, o infectologista Luiz Carlos Pereira Júnior, nesta quinta-feira (14). O número usual dessa demanda em UTIs, antes dos casos da nova doença, era e um a cada dez. 

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

Pereira afirmou que o número de leitos de UTI disponíveis no instituto vem aumentando. São, em média, dez novos leitos a cada dez dias. Porém, o infetologista chama atenção para o fato de que o problema dos pacientes vai além da disponibilidade de leitos e inclui lidar com sequelas da doença. "A questão não é so numero absoluto de leitos versus a necessidade de ocupá-los. A questão é que a gente está diante de ujma doença nova que surpreende a cada dia com novas manifestações clínicas, neurológicas, cutâneas, vasculares", disse o médico.

Leia também: Ninguém morreu de covid-19 por falta de UTI em SP, diz governo

"As pessoas precisam entender é que a gente não quer só diminuir o número de casos, mas a gente quer que a população colabore pra que a gente não tenha pacientes graves com sequelas", complementou Pereira, destacando a importância da adesão ao isolamento social.

O diretor do Emílio Ribas disse ainda que a taxa de mortalidade de pacientes com covid-19 em UTI é de cerca de 20%. "De cada cinco que estão em UTI, um não volta pra casa."

Últimas