Novo Coronavírus

Saúde Registros de dengue despencam na pandemia de covid no Brasil

Registros de dengue despencam na pandemia de covid no Brasil

Ministério aponta receio da população em procurar atendimento e remanejamento de equipes de vigilância como razões

  • Saúde | Fernando Mellis, do R7

Brasil contabilizou 120,5 mil casos de dengue até 20 de março, uma queda de 73,8%

Brasil contabilizou 120,5 mil casos de dengue até 20 de março, uma queda de 73,8%

Divulgação/Fiocruz

Os registros de pessoas com dengue despencou em todo o Brasil entre 3 de janeiro e de 20 de março, em meio ao avanço da pandemia de covid-19, mostra o boletim epidemiológico de arboviroses divulgado pelo Ministério da Saúde na última sexta-feira (26).

Segundo os dados, foram notificados no período 120.531 casos possíveis de dengue, o que representa uma incidência de 56,9 casos por 100 mil habitantes.

Em comparação com as primeiras 11 semanas de 2020, a redução foi 73,8%, salienta o ministério, apontando algumas razões.

"Desde fevereiro de 2020, o Brasil enfrenta uma pandemia do covid-19 e, desde a confirmação dos primeiros casos, observou-se uma diminuição dos registros de casos prováveis e óbitos de dengue. Esta diminuição pode ser consequência de uma subnotificação ou atraso nas notificações das arboviroses associadas a mobilização das equipes de vigilância e assistência para o enfrentamento da pandemia e ao receio da população em procurar atendimento em uma unidade de saúde."

A pasta salienta que, "de acordo com o diagrama de controle, o país, até o momento, não enfrenta uma epidemia de dengue, pois os casos estão dentro do esperado para o período".

Também neste ano, foram confirmados 43 casos de dengue grave e 482 casos de dengue com sinais de alarme.

"Até o momento, foram confirmados 30 óbitos por dengue, sendo 28 por critério laboratorial: Rondônia (1), Acre (2), Pará (1), Tocantins (1), Bahia (2), São Paulo (9), Paraná (6), Mato Grosso do Sul (2), Mato Grosso (3), Goiás (1) e dois por clínico-epidemiológico – Amazonas (1) e Ceará (1). Permanecem em investigação 18 óbitos", acrescenta o boletim.

Todavia, o estado do Acre é o único local do Brasil em que ocorre uma epidemia de dengue neste momento, observa o ministério. Ocorreram 13.202 casos prováveis: aumento de 259,6% na comparação com o mesmo período de 2020.

O país ainda registrou 9.390 casos de chikungunya e outros 636 de zika. "Nenhum óbito foi confirmado até o momento para chikungunya e zika", pontua o relatório.

Últimas