Novo Coronavírus

Saúde Reino Unido registra mais 282 mortes em decorrência da covid-19

Reino Unido registra mais 282 mortes em decorrência da covid-19

A assessora médica adjunta do governo garantiu que existe uma tendência de baixa 'consistente e lenta' na quantidade de internações no país

Já são 36.675 mortes registradas pela covid-19 desde o início da pandemia

Já são 36.675 mortes registradas pela covid-19 desde o início da pandemia

Henry Nicholls / Reuters - 03.03.2020

O governo do Reino Unido anunciou neste sábado (23) o registro de mais 282 mortes em decorrência da covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, elevando o total para 36.675 desde o início da pandemia.

A informação foi dada pelo ministro do Transporte, Grant Shapps, responsável por apresentar os números. Além disso, foram contabilizados 2.959 casos de infecção.

A quantidade de óbitos registrada hoje pelo Departamento de Saúde é menor do que a de ontem (22), que foi de 351 e colocou em alerta a sociedade britânica.

A assessora médica adjunta do governo, Jenny Harries, garantiu que existe uma tendência de baixa "consistente e lenta" na quantidade de internações no país. Além disso, há queda no número de ocupação nos leitos com respiradores artificiais.

Ontem, entrou em vigor em todo o Reino Unido a obrigação de uma quarentena de 14 dias, para pessoas que cheguem do exterior, com início programado para o dia 8 de junho.

As pessoas que não aceitarem ficar isoladas no desembarque, serão multadas em 1 mil libras (R$ 6,8 mil) na Inglaterra, enquanto Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales terão controles próprios.

Transporte público

Na coletiva de hoje, Grant Shapps anunciou um pacote de 283 milhões de libras (US$ 1,9 bilhão), destinado ao sistema público de transporte do país, que voltará a funcionar.

O ministro, no entanto, pediu que a população que siga trabalhando de casa, sempre que possível, já que os meios de transporte só funcionarão com 20% da capacidade.

Últimas