Sarampo
Saúde São Paulo tem mais de 6 mil casos e 12 mortes por sarampo

São Paulo tem mais de 6 mil casos e 12 mortes por sarampo

Estado tem 97% dos casos do país. Nova campanha de vacinação começou na segunda-feira (7) e tem foco crianças. Segunda fase acontece em novembro

Três mortes foram confirmadas esta semana

Três mortes foram confirmadas esta semana

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O sarampo continua deixando mortos e doentes pelo Estado de São Paulo. Nesta semana, três mortes foram confirmadas: um bebê de dez meses, em Itapevi, que não tinha sido vacinado; um homem de 53 anos e um menino de 1 ano, ambos com condições de risco. O estado já concentra 97% dos casos da doença no país.

Uma nova campanha de vacinação foi iniciada na segunda-feira (7) e segue até o dia 25 de outubro. As doses estarão disponíveis em todos os postos de vacinação do Estado para crianças a partir de 6 meses e menos de 5 anos.

A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba. Há contraindicação para bebês com menos de seis meses, e os pais precisam se preocupar com a higiene e ventilação adequada dos locais, além de evitar aglomerações.

Entre o dia 18 e 30 de novembro, acontece a segunda fase da campanha, focada em jovens de 20 a 29 anos.

Devo tomar reforço da vacina contra o sarampo? Tire suas dúvidas: