São Paulo terá hospitais de campanha no Pacaembu e Anhembi

Prefeito da capital, Bruno Covas, anunciou que 200 leitos destinados a casos de menor complexidade no estádio estarão prontos em duas semanas

Estádio receberá pacientes de menor gravidade com covid-19

Estádio receberá pacientes de menor gravidade com covid-19

EDSON LOPES JR / SECOM

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou nesta sexta-feira (20) que dois hospitais de campanha estão serão montados — um no estádio do Pacaembu e outro no sambódromo do Anhembi — para atender pacientes com suspeita ou confirmação de covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus SARS-CoV2).

De acordo com Covas, haverá 200 leitos no Pacaembu, entregues em duas semanas, além de 1.800 no Anhembi.

O prefeito afirmou que vão ser "leitos de observação", para casos de menor complexidade, o que evitará "uma grande correria aos hospitais".

O estado de São Paulo tinha até ontem 286 casos confirmados de covid-19, com cinco óbitos registrados. A maioria das pessoas infectada é da capital.