Saúde já habilitou 6.142 leitos de UTI para pacientes com covid-19

Élcio Franco, secretário-executivo substituto da pasta, afirmou que nos últimos cinco dias foram 2.352 novas vagas, com investimento de R$ 334,6 mi

Governo vai habilitar 660 leitos de UTI em São Paulo

Governo vai habilitar 660 leitos de UTI em São Paulo

Marcelo Chello/CJPress/Estadão Conteúdo - 27.4.2020

O Ministério da Saúde já habilitou 6.142 leitos exclusivos para pacientes com covid-19. De sexta-feira (15) até esta quarta-feira (20), foram habilitados novos 2.352 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), com investimento de R$ 334,6 milhões.

A medida foi anunciada pelo secretário-executivo substituto, Élcio Franco, durante coletiva de imprensa, no Palácio do Planalto, em Brasília. 

“Esse recurso está sendo repassado para estados e municípios na cota integral dos 30 dias. Está sendo pago de maneira adiantada para 90 dias. Todos os leitos voltados exclusivamente para pacientes graves ou gravíssimos do coronavírus. Os leitos recebem o dobro do valor normal”, explicou. 

As novas unidades, de acordo com informações da pasta, representam um crescimento de 61,2% e vão beneficiar 13 estados brasileiros: Alagoas (10), Bahia (46), Ceará (212), Maranhão (128), Mato Grosso do Sul (77), Mato Grosso (263), Pará (304), Pernambuco (84), Piauí (32), Rio de Janeiro (5), Rio Grande do Norte (251) e Rio Grande do Sul (280). 

São Paulo, que é o mais afetado pela pandemia do novo coronavírus, vai receber um reforço de 660 habilitações. O estado acumula 5.363 mortes e 69.859 casos confirmados de covid-19. 

Desde o início de abril, quando o Ministério da Saúde iniciou o processo, já foram investidos R$ 882,3 milhões. Cada leito, segundo a pasta, representam um custo de aproximadamente R$ 1.600. “O gestor recebe o recurso mesmo que o leito não seja utilizado”, completou Élcio Franco.