Coronavírus

Saúde Soro anticovid está pronto para ser testado, diz diretor do Butantan

Soro anticovid está pronto para ser testado, diz diretor do Butantan

Diferente da vacina, que previne, produto é usado para tratar pessoas que adoeceram devido à infecção pelo novo coronavírus

  • Saúde | Do R7

Testes em humanos dependem de aval da Anvisa

Testes em humanos dependem de aval da Anvisa

Ronaldo Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, anunciou nesta segunda-feira (21) que um soro para o tratamento da covid-19 desenvolvido na entidade está pronto para iniciar testes em humanos.

Segundo ele, 3.000 ampolas já foram produzidas. O Butantan agora vai pedir autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e à Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa) para o avanço dos estudos.

"Brevemente poderemos iniciar um estudo clínico no Brasil, capitaneado aqui pelo estado de São Paulo, na área de tratamento da doença com um soro heterólogo altamente potente", afirmou Dimas Covas em entrevista coletiva. 

Leia também: Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid

Os trabalhos começaram há cinco meses. Agora, os pesquisadores devem avaliar a eficácia e a segurança.

O produto é feito a partir dos anticorpos contra o coronavírus extraídos do sangue de cavalos, que depois são purificados. A técnica é usada pelo Butantan há décadas para a produção de soros contra outras doenças.

A escolha do cavalo se dá pelo grande número de anticorpos que estes animais produzem.

Últimas