SP diz atingir Alemanha em testes de covid, mas índice é 60% menor

Números mostram que enquanto Alemanha já realizou 9.630 exames a cada 100 mil habitantes, estado de São Paulo fez 3.872

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, e governador João Doria

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, e governador João Doria

Roberto Casimiro /Fotoarena/Folhapress - 13.7.2020

O governo de São Paulo afirma ter alcançado um nível de cobertura de testes de covid-19 semelhante ao da Alemanha. No entanto, apuração feita pelo R7 com base em dados oficiais do país europeu mostra que SP está longe de atingir o patamar de testagem alemão.

A comparação foi feita pela secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, durante apresentação à imprensa na tarde de quinta-feira (30), ao dizer que, em junho, o estado chegou a um índice de 65 testes/dia por 100 mil habitantes, o que, de fato se aproxima do registrado pela Alemanha naquele mês. 

Entretanto, no mês de julho, a Alemanha saltou para 91 testes/dia por 100 mil habitantes, conforme números do Robert Koch-Institut, agência do governo alemão de controle e prevenção de doenças.

Quando observado o total de testes por 100 mil habitantes entre SP e Alemanha, os dados mostram que há uma diferença significativa no percentual da população que já foi testada.

Com 83,1 milhões de habitantes, a Alemanha contabiliza 7,4 milhões de testes, ou 9.630 por 100 mil pessoas, conforme relatório de de 29 de julho do instituto oficial.

São Paulo tem 45,9 milhões de residentes e acumula 1,7 milhão de exames de covid-19 — 3.872 por 100 mil habitantes, segundo números da Secretaria de Estado da Saúde, até 27 de julho. 

Com isto, o índice de testes por 100 mil habitantes paulista ainda é cerca de 60% menor do que o alemão. 

Procurada, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico informou "que o número mencionado nesta quinta-feira em coletiva de imprensa se refere à média de testes a cada 100 mil habitantes por dia, realizados no mês de junho na Alemanha. Conforme levantamento do Our World in Data, fonte utilizada pelo Governo do Estado, o país [Alemanha] realizou no período uma média de 65 testes a cada 100 mil habitantes por dia".

Patricia Ellen afirmou ainda que agora no fim de julho, o estado tem atingido entre 28 mil e 30 mil testes por dia, "que equivale aqui a um número entre 60 e 65 testes a cada 100 mil habitantes".

"O governador João Doria nos tinha colocado a meta para chegar em agosto ao patamar atual da Alemanha, que são 72 testes [por dia] a cada 100 mil habitantes. Com estes números, estamos quase chegando nesta meta já no encerramento do mês de julho."

O estado de São Paulo acumula 529.006 casos confirmados de covid-19, número que supera a própria Alemanha e outros países europeus atingidos fortemente pela pandemia, como Itália, Espanha, França e Reino Unido.