Saúde Surto de gripe antecipa vacinação no Amazonas para segunda-feira

Surto de gripe antecipa vacinação no Amazonas para segunda-feira

Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, anunciaram pelo Facebook que imunização começará um mês antes do previsto

Surto de gripe antecipa vacinação no Amazonas para segunda-feira

Cerca de 1 milhão de vacinas contra o vírus influenza serão enviadas ao Amazonas

Cerca de 1 milhão de vacinas contra o vírus influenza serão enviadas ao Amazonas

Rovena Rosa/Agência Brasil

O Ministério da Saúde decidiu antecipar em quase um mês a campanha de vacinação contra a gripe no estado do Amazonas, que enfrenta um surto da doença.

Em transmissão ao vivo pelo Facebook, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmaram nesta quinta-feira (14) que a vacinação no Estado começará na próxima segunda-feira (18).

Leia também: Entenda a diferença entre gripe e resfriado

"A gente já tinha antecipado um pouco o cronograma para a Região Sul do Brasil, mas houve uma atipia lá no Amazonas, um número muito grande, com muitos óbitos, então o presidente pediu para somarmos esforços", afirmou Mandetta.

Leia também: Estudo comprova que vírus da gripe deixa mais suscetível à pneumonia

Ao todo, o Sistema Único de Saúde (SUS) está enviando para o Estado 1 milhão de doses da vacina. A distribuição do produto para os municípios do interior do Estado será feita com apoio de aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB). O adiantamento da vacinação no Amazonas havia sido solicitada pelo governo do Estado.

Saiba mais: OMS prevê epidemia global de gripe e lança estratégia de prevenção

"Até a secretaria estadual receber e distribuir [as doses], capaz de neste final de semana ou segunda-feira a gente já estar vacinando, primeiro, gestantes e crianças, que é o grupo de risco principal, depois o público-alvo, com bastante organização e aí gradativamente a gente vai produzindo as vacinas para o restante do Brasil", acrescentou Mandetta.

Como saber se está com H1N1? Tire suas dúvidas sobre esse vírus da gripe: