'Todos os dias, a covid-19 parece alcançar um novo e trágico marco'

Frase foi dita nesta sexta-feira pelo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde; Itália já soma mais de 4.000 mortes por coronavírus

Tedros falou à imprensa na tarde desta sexta-feira

Tedros falou à imprensa na tarde desta sexta-feira

Denis Balibouse/Reuters

Com 210 mil casos confirmados de covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus SARS-CoV2) em todo o mundo, incluindo cerca de 9.000 mortes, a OMS (Organização Mundial da Saúde) pede aos países que se mantenham firmes no combate à pandemia.

Nesta sexta-feira (20), dia em que a Itália registra 4.032 mortes, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, fez um desabafo.

"Todos os dias, a covid-19 parece alcançar um novo e trágico marco", disse durante entrevista coletiva em Genebra, na Suíça.

Por outro lado, Ghebreyesus diz que os números de óbitos devem se converter em esforços.

"Toda perda de vidas é uma tragédia, [mas] também é motivação para dobrar e fazer tudo o que pudermos para interromper a transmissão e salvar vidas."