Novo Coronavírus

Saúde Transmissão da covid no Brasil desacelera, diz Imperial College

Transmissão da covid no Brasil desacelera, diz Imperial College

Número usado para saber se pandemia está avançando ou retrocedendo voltou a ficar próximo do patamar de estabilidade no país

  • Saúde | Do R7

Nas duas semanas anteriores, Brasil havia registrado alta da taxa de transmissão

Nas duas semanas anteriores, Brasil havia registrado alta da taxa de transmissão

Fernanda Luz/Agif/Estadão Conteúdo - 29.11.2020

Projeções realizadas pelo Imperial College London mostram que a velocidade de transmissão da covid-19 no Brasil desacelerou na semana encerrada na segunda-feira (30).

Os dados foram publicados nesta terça-feira (1º) e mostram que o número de reprodução do vírus (Rt) está em 1,03. Na segunda-feira passada, era 1,30; na retrasada, 1,10.

Quando o Rt fica abaixo de 1, a pandemia está em desaceleração. Por exemplo, se fosse de 0,80, significaria que as mesmas 100 pessoas passariam o vírus para outras 80, e estas, para 64.

O Brasil, que na semana passada era o país com a maior taxa de transmissão na América do Sul, agora ocupa a quarta posição.

Até ontem, o país registrava um acumulado de 173,1 mil mortes por covid-19 e 6,33 milhões de casos, segundo dados do Ministério da Saúde.

A média móvel de novos casos diários e óbitos continua em alta, mas em ritmo menor do que observado nas semanas anteriores.

Últimas