Novo Coronavírus

Saúde Um terço dos testes de covid-19 feitos em SP dá positivo

Um terço dos testes de covid-19 feitos em SP dá positivo

Mais de 1,7 milhão de exames para detectar infecção pelo novo coronavírus já foram realizados no estado desde o início da pandemia

  • Saúde | Do R7

Taxa de positividade dos testes rápidos é de 25%

Taxa de positividade dos testes rápidos é de 25%

Denny Cesare/Código 19/Folhapress

De cada três pacientes que realizam o exame molecular (RT-PCR) para detectar covid-19, um tem resultado positivo no estado de São Paulo, informou nesta quinta-feira (30) o Centro de Contingência do Coronavírus do governo.

Desde o início da pandemia, as redes pública e privada do estado já realizaram 1.778.225 testes de covid-19, sendo 60% deles do tipo RT-PCR, feitos em pacientes que normalmente apresentam sintomas ou que tiveram contato recente com alguém infectado.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, ressaltou o fato de SP ter pulado de uma média de 900 exames/dia, em março, para 23 mil/dia em junho. 

"Essa média diária de 23 mil testes equivale a cerca de 50 a 52 testes a cada 100 mil habitantes por dia. Esse era o patamar que a Alemanha testava em junho. A gente já identificou, registrou nas últimas semanas, que a gente está conseguindo chegar entre 28 mil e 30 mil testes/dia, que equivale aqui a um número entre 60  e 65 testes a cada 100 mil habitantes."

Os demais são testes sorológicos rápidos ou de sangue venoso, que detectam se a pessoa já teve contato com o vírus e desenvolveu anticorpos. Para este tipo, a taxa de positividade é de um para cada quatro exames realizados.

São Paulo registra nesta quinta-feira um total de 529.006 casos confirmados de covid-19, incluindo 22.710 mortes em decorrência da doença.

O estado tem 12.263 pessoas internadas com confirmação ou suspeita de covid-19., Destas, 5.099 estão em UTI.

A taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva se mantém estável, em 65,1% no interior e 62,9%, na Grande São Paulo.

Últimas