Novo Coronavírus

Saúde Vacina combinada contra covid e gripe tem resultados positivos

Vacina combinada contra covid e gripe tem resultados positivos

Imunizante desenvolvido nos EUA pela empresa de biotecnologia Novavax deve começar a ser testados em humanos ainda em 2021

  • Saúde | Da EFE

Resultados foram de estudos realizados em animais

Resultados foram de estudos realizados em animais

Divulgação/Novavax

A empresa de biotecnologia norte-americana Novavax anunciou nesta segunda-feira (10) que sua vacina combinada contra a covid-19 e a gripe mostrou resultados promissores em estudos pré-clínicos realizados em animais.

Em um comunicado, a empresa disse que a vacina conseguiu desenvolver respostas imunitárias robustas tanto à gripe como ao coronavírus e acrescentou que iniciará estudos clínicos antes do final do ano.

"Apesar das baixas taxas durante a pandemia da covid-19, a gripe continua a ser um risco significativo para a saúde pública global e a necessidade de vacinas versáteis e mais eficazes é maior do que nunca", declarou o presidente de Pesquisa e Desenvolvimento da Novavax, Gregory M. Glenn.

Segundo Glenn, a combinação de vacinas contra a gripe e a covid-19 pode ser "um instrumento futuro importante na luta em longo prazo contra estes dois vírus respiratórios nocivos".

O imunizante da Novavax combina sua vacina contra a gripe NanoFlu, que demonstrou eficácia em um teste de fase 3 no ano passado, e a candidata à vacina contra covid-19, NVX-CoV2373, que ainda está na fase de teste clínicos e demonstrou quase 90% de eficácia, segundo estudos realizados no Reino Unido.

A vacina da Novavax, que recebeu apoio da Operação Warp Speed do governo dos Estados Unidos para combater o coronavírus, não utiliza tecnologia de RNA mensageiro, como no caso da Pfizer e da Moderna, mas uma técnica mais tradicional, a injeção de proteínas do coronavírus para gerar uma resposta imunológica.

Embora seja muito aguardada por ser mais fácil de armazenar do que outras vacinas, a Novavax ainda não solicitou autorização de utilização de emergência e, segundo informou hoje o jornal The Washington Post, não planeja fazê-lo antes de junho, na melhor das hipóteses.

As ações da Novavax em Wall Street caíam drasticamente na segunda-feira, como haviam feito alguns dias antes após o anúncio de que os EUA pretendem apoiar uma suspensão das patentes de vacinas contra a covid-19. 

Últimas