Saúde "Vacina contra HPV é altamente segura", garante especialista

"Vacina contra HPV é altamente segura", garante especialista

Ginecologista Poliani Prizmic diz que "até os meninos podem se beneficiar com a vacina"

  • Saúde | Do R7

A vacina contra o HPV (papiloma vírus humano) faz parte do calendário nacional de imunizações, mas atualmente está disponível gratuitamente apenas para meninas entre 11 e 13 anos. Em outras faixas etárias, a imunização é oferecida em clínicas particulares, por cerca de R$ 1.000 as três doses.

Apesar de a vacina prevenir apenas quatro tipos de HPV (6, 11, 16 e 18) contra mais de 150 que existem, a ginecologista Poliani Prizmic garante que “a imunização é segura e deve ser utilizada pelas mulheres”.

O vírus do HPV é transmitido por meio do contato sexual e responsável pela quase totalidade dos casos de câncer de colo do útero. Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), esse é o segundo tumor mais frequente na população feminina, atrás do câncer de mama, e a segunda causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

HPV pode ser transmitido pelo contato com a pele, alerta médica

Embora nem toda mulher que entre em contato com o vírus desenvolva câncer de colo de útero, a médica reforça a importância da vacina e esclarece algumas dúvidas.

Assista ao vídeo

Últimas